22 | 10 | 2018
RedGlobe Notícias
Venezuela aktuell
Statistics

Today: 16364

Yesterday: 24027

Since 01/06/2005: 45580493

“Neste 1º de maio somos as vozes de todas as centrais sindicais para dizer que a nossa luta em defesa da liberdade do ex-presidente Lula é a luta em defesa do desenvolvimento do Brasil”, enfatizou a pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela D’Ávila em saudação às milhares de pessoas que participavam do ato unificado das sete maiores centrais sindicais do Brasil (CTB, CUT, Força Sindical, NCST, UGT, CSB e Intersindical), neste 1º de Maio da Resistência, em Curitiba.

“Curitiba é a voz da resistência”

Para Manuela, Curitiba tem se feito a capital da resistência das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros neste último período.

“Em uma noite aqui em Curitiba denunciávamos juntos e unidos que não aceitaríamos que as balas tentassem calar as nossas ideias. Foi esta cidade de Curitiba que há dois dias viu o acampamento Marisa Letícia ser alvejados pelas balas dos fascistas que tentam calar a nossa resistência e as nossas vozes”.

“Curitiba é hoje o ciclo da nossa unidade e da nossa resistência porque aqui está preso o maior líder popular do Brasil e porque aqui está preso o primeiro presidente operário da história desse gigante país”.

“Todos nós somos as vozes de Lula Livre”

“Neste 1º de maio somos as vozes de todas as centrais sindicais para dizer que a nossa luta em defesa da liberdade do ex-presidente Lula é a luta em defesa do desenvolvimento do Brasil”.

A pré-candidata afirmou que este 1º de maio passa pelo sonho de um Brasil justo, mas ela ressaltou que o país justo não existirá enquanto qualquer um de nós estiver preso na solitária injustamente ou proibido de falar.

“Todos nós somos a voz do desenvolvimento, da valorização do trabalho, da dignidade, das mulheres e de Lula Livre”.

“Viva o povo que resistirá”

Na visão de Manuela, este 1º de maio é o mais difícil dos últimos tempos no Brasil, porque enfrenta grandes retrocessos aos trabalhadores e ataques à democracia brasileira. “Viva o povo que resistirá. Viva a luta das mulheres e dos homens brasileiros”, afirmou a pré-candidata do PCdoB.

Representando o PCdoB no ato, participaram ainda a senadora Vanessa Grazziotin (AM) e a deputada federal Jandira Feghali (RJ). A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman e o senador Lindbergh Farias (RJ) também participaram do ato das centrais.

Mais cedo, a pré-candidata participou dos atos das centrais na capital paulista.

Source:

PCdoB - Partido Comunista de Brasil

Real time web analytics, Heat map tracking
Solidaritätsanzeige